Investigação da Polícia Civil, através da DENAR apurando denúncia que apontava tráfico de entorpecentes, levou os policiais a um grupo envolvido no contrabando de cigarros oriundos do Paraguai. Quatro indivíduos foram presos, apreendidos veículos utilizados no esquema e 1.238 pacotes de cigarros.

Foram presos Anderson Prates da Silva (33), Antônio Garcia Neto (30), Marlon de Almeida Passos (32) e Paulo Douglas Ribeiro Espídola, de 31 anos. Eles foram autuados em crimes de receptação e associação criminosa ao serem apanhados no bairro Monte Castelo.

A ação policial foi realizada a partir de denúncia anônima indicando que o grupo estaria transportando drogas, contudo, com a abordagem foi constatado que se tratava de cigarros, que o quarteto disse ter recebido em Ponta Porã para transporte.

De acordo com a polícia, em razão de terem recebido e transportado mercadoria que sabiam ser produto de crime (cigarros de origem estrangeira), foram autuados por receptação e como são reincidentes nesse tipo de crime, também conhecidos como “cigarreiros”, foram autuados por associação criminosa.

Além da carga de cigarros, foram apreendidos cinco veículos, três deles diretamente ligados ao crime, sendo Celta, Renault Logan e Palio Weekend e os outros dois, Toyota Hilux e Audi, por serem oriundos da atividade criminosa. Cigarros e veículos serão entregues na Receita Federal.