João Fava e Anilton tiveram prisões decretadas novamente. (Foto: Adilson Domingos)

Dois mandados da prisão cumpridos na manhã desta quinta-feira em mais uma fase da Operação Pregão foram contra o ex-secretario de Fazenda de Dourados, João Fava Neto que está preso em Campo Grande, o ex-chefe de licitações Anilton Garcia que aguardava alvará de soltura expedido pelo STF na Penitenciária Estadual de Dourados.

Segundo informações também foi preso o tesoureiro da prefeitura Jorge Rodrigues de Castro alem de um empresário e uma empresária de Campo Grande identificados como Ademir e Madalena.

A primeira fase foi deflagrada em outubro do ano passado, tendo por objetivo esclarecer a atuação de uma suposta organização criminosa composta por agentes públicos, políticos e empresários, visando à prática de diversos crimes, incluindo fraude em licitação, dispensa indevida de licitação, falsificação de documentos e advocacia administrativa, além do crime contra a ordem financeira e incidência na conduta da Lei Anticorrupção, sem prejuízo de outros, notadamente em razão de fraudes em licitações e contratos públicos, praticados, em tese, durante a atual gestão do Município de Dourados, sendo que, em dezembro do mesmo ano, foi realizada a segunda fase da Operação.