Ladrões matam taxista em Ribas do Rio Pardo e são presos pelo GARRAS

-

A Polícia Civil, através do GARRAS e Delegacia de Polícia de Ribas do Rio Pardo, prendeu em flagrante três indivíduos autores dos crimes de latrocínio, ocultação de cadáver e porte de arma de fogo. Na operação, os policiais localizaram o corpo da vítima e recuperaram o veículo roubado em Ribas do Rio Pardo, na madrugada desta quinta-feira (13). Considerando que uma das atividades inerente ao GARRAS é a de prestar apoio operacional às demais unidades da Polícia Civil nos casos de investigações complexas ou possibilidade de confronto armado, equipes do GARRAS receberam a informação de que um taxista de 35 anos, Devanir da Silva Santos, havia desaparecido, juntamente com seu veículo Toyota Corolla, na última quarta-feira (12), na cidade de Ribas do Rio Pardo.

Com as informações, foram realizadas diligências que resultaram na localização do veículo Toyota Corolla na Vila Santa Dorotheia em Campo Grande. As investigações foram intensificadas para identificação dos envolvidos suspeitos e suas localizações. Os policiais apuraram que o grupo criminoso que deixou o veículo da vítima no Santa Dorotheia era formado por três indivíduos e, além disso, após abandonar o veículo no local, os criminosos se dirigiram a um hotel na Avenida Afonso Pena, na Capital.

De posse destas informações, a equipe policial conseguiu a identificação do hotel específico onde o grupo criminoso se hospedou, onde logrou êxito em identificar cada um dos integrantes do grupo como sendo A.R.S. (24), G.F.L.F. (28) e Z.J.S. (35). Ainda se apurou que Z.J.S. (35) se encontrava hospedado em um dos quartos do hotel, exatamente naquele momento, sendo realizada a entrada no quarto em que ocupava, localizando-se um revólver calibre 38 escondido embaixo de um dos colchões do quarto, com uma munição a pronto emprego.

Após a prisão do indivíduo, as ações se seguiram na caçada aos demais integrantes da quadrilha, sendo feita ação na cidade de Ribas do Rio Pardo, dado que a equipe policial conseguiu informações de que os criminosos teriam fugido para aquela cidade. Em Ribas do Rio Pardo, no Bairro Estoril, G.F.L.F. (28), foi localizado em sua residência, sendo preso em flagrante. Com ele foi encontrada uma munição calibre 38, com as mesmas características da munição apreendida no revólver encontrado no hotel.

Após isto, as diligências se seguiram no sentido de localizar o último envolvido no crime, sendo apurado que retornara ao hotel na Avenida Afonso Pena. Com a mobilização da equipe, o terceiro envolvido, A.R.S. (24), foi localizado em uma pousada no Bairro Universitário, em Campo Grande. Realizada a prisão de todos os envolvidos no crime, a equipe do GARRAS, somando esforços com a equipe da Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo, empenharam-se na localização da vítima, que até então seguia desaparecida. Feita varredura na área de mata próxima ao local provável do crime, dadas as características apresentadas pelos suspeitos de onde haviam deixado, foi localizado o corpo do taxista, Devanir com sinais de tiros em seu corpo.

Após a conclusão das investigações com a consequente prisão em flagrante dos criminosos, recuperação do veículo da vítima, apreensão da arma de fogo utilizada no crime e localização do corpo da vítima – foi formalizada a prisão em flagrante dos criminosos na sede do GARRAS. A Polícia Civil requereu a conversão da prisão em flagrante dos suspeitos em prisão preventiva.

plugins premium WordPress