A droga que saiu da fronteira com o Paraguai ia ser levada para Caruaru. (Foto: Oswaldo Duarte)

Os dois homens presos na manhã desta sexta-feira pelo Departamento de Operações de Fronteira com um carregamento de maconha, disseram que levariam o entorpecente para o nordeste.

A maconha estava escondida em um compartimento no caminhão baú com placas de Belo Horizonte (MG) que foi abordado por policiais do Departamento de Operações de Fronteira na rodovia MS 164 na região do Copo Sujo entre Ponta Porã e o distrito do Itahum.

O motorista Severino João de Melo de 47 anos e José Manoel de Lima de 40 anos, que trabalhava como ajudante são da cidade de Bezerros no Pernambuco, mas levariam a maconha para Caruaru também naquele estado.

Os dois foram até Coronel Sapucaia na fronteira com o Paraguai, onde o caminhão foi levado e preparado para o transporte do entorpecente e carregado com a droga. Enquanto isso eles ficaram esperando em uma casa indicada pelos fornecedores do entorpecente.

Eles começaram a viagem de volta para o nordeste na madrugada de hoje, mas acabaram presos no Copo Sujo. Os dois foram trazidos para a sede do DOF em Dourados e autuados em flagrante na Delegacia de Fronteira a DEFRON.

Ao todo a droga pesou 1266 quilos distribuídos em centenas de tabletes.