Mulher que matou marido com golpe de faca tem liberdade provisória concedida em Dourados

-

Luiz Guilherme*

O juiz Ricardo da Mata Reis concedeu liberdade provisória para Elizabete Isnardi, de 47 anos, que assassinou o marido Antônio Alves de Oliveira, de 41, com um único golpe de faca, no último domingo (23/6), na Vila Cachoeirinha, em Dourados.

Entretanto, o magistrado confirmou o flagrante por homicídio e impôs medidas cautelares como, por exemplo, a proibição da mulher de deixar a cidade de Dourados e a obrigação de comparecer mensalmente à justiça para prestar contas de suas atividades.

Essas medidas foram tomadas para garantir que ela permaneça à disposição do processo judicial e para assegurar que não haja risco de fuga.

Relembre o crime

O crime aconteceu no último domingo, após Antônio agredir a esposa Elizabete. A informação que consta no boletim de ocorrência é de que na noite de sábado (22/6), o casal brigou e a mulher acabou apanhando do esposo. Ela então foi para a casa de uma amiga na sitioca Campina Verde, onde passou a noite.

No dia do homicídio, ela voltou foi até a residência para buscar roupa e novamente passou a apanhar de Antônio. Momento em que ela pegou uma faca e conseguiu golpear o marido no pescoço.

Todo o crime aconteceu em frente à casa de ambos.

A Polícia Militar foi acionada e a mulher se entregou, confessando o crime e alegando que: “cansei de apanhar”. Ela recebeu voz de prisão, foi conduzida até a Delegacia de PC (Polícia Civil) e autuada em flagrante por homicídio.

plugins premium WordPress