Com um dos presos em Ponta Porã ainda foi encontrada certa quantidade de maconha.(Foto: Divulgação)

Policiais da DEFRON (Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira) de Dourados e da DISE (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) de Presidente Venceslau (SP), realizaram na manhã desta quinta-feira (23) a Operação Non Finis onde foram cumpridos vários mandados de busca e apreensão e de prisão.

Ao todo, foram cumpridos seis mandados de prisão temporária e sete de buscas domiciliares em Presidente Prudente, Álvares Machado, Mirante do Paranapanema, Caiuá no interior paulista e os policiais das duas delegacias cumpriram dois mandados em Ponta Porã. Dois homens foram presos, sendo um de 35 e outro de 50 anos.

Sendo que na casa de Rafael Stefano Gomes Rodrigues de 35 anos, no Jardim Marambaia, os policiais encontraram em um dos quartos da residência 1 quilos e 220 gramas de maconha e 70 gramas de cocaína.

Rafael estava foragido da justiça havia três anos. Ele cumpria pena por três homicídios praticados em Presidente Prudente, tráfico de drogas e porte ilegal de arma na Penitenciária de Valparaíso (SP), e estava escondido na fronteira desde de que fugiu do interior paulista

A operação foi denominada pela Polícia Civil de São Paulo de “Non finis”, pois os crimes envolvendo tráfico de drogas vão “além das fronteiras” e atingem várias cidades, estados e regiões.