Os homens estão mobilizados na região de fronteira com o Paraguai. (Foto: Léo Veras)

A segunda etapa da Operação Fronteira Segura foi desencadeada pelo Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira e conta com homens do Exército brasileiro e das Forças de Segurança da Fronteira Sudoeste no estado do Mato Grosso do Sul. O trabalho é coordenado pelo Coronel Edimilson de Oliveira Ribeiro, Secretário Executivo do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGIFRON) e conta com centenas de homens da Polícia Civil, Militar, DOF, PRF, Polícia Federal e guardas municipais.

A operação foi desencadeada em toda a faixa de fronteira visando o combate aos crimes transfronteiriços. Nas áreas urbanas o objetivo principal da Operação é diminuir a violência urbana, ordenar o trânsito e capturar foragidos da justiça.

Nas rodovias federais e estaduais, a meta é o combate ao tráfico de drogas, armamento ilegal, roubo de veículos, descaminho e contrabando e logo nas primeiras horas de trabalho mais de sete toneladas de maconha foram apreendidas. Somente em uma ação o DOF apreendeu cinco toneladas da droga em duas carretas com placas do Paraguai.

A operação foi desencadeada durante a visita da comitiva de trinta militares da Escola de Comando e Estado Maior do Exército (ECEME) que na oportunidade puderam verificar o pelotão de Cavalaria Mecanizado do 11°RC Mec, sendo empregado nas operações na região de Fronteira do Mato Grosso do Sul.

O comando da operação não informou quando os trabalhos serão encerrados e nem quantos homens estão sendo disponibilizados pelas forças de segurança.