Vários objetos e carros e uma moto foram apreendidos na operação. (Foto: Ribeiro Jr.)

Uma operação policial batizada de Hilux que teve com investigações de crimes em Jatei, movimentou a região de Fátima do Sul neste sábado (8). De acordo com o delegado Cristiano Hein do Serviço de Investigações Gerais (SIG) de Fátima do Sul, o objetivo foi desarticular uma quadrilha que vinha roubando caminhonetes nas cidade de Fátima do Sul, Glória de Dourados, Jatei, Dourados, Naviraí e Itaquirai.

Ainda de acordo com o policial, a resultado do trabalho realizado foi muito bom, mas ainda não terminou e as investigações continuam e novas prisões podem acontecer nos próximos dias. “Há muita coisa para ser analisada de acordo com o que foi apreendido e segundo os depoimentos das pessoas presas, por isso os seus nomes não foram divulgados e o caso ainda está em segredo de justiça”, disse o delegado.

Ao todo foram cumpridos seis mandado de busca e apreensão nas 5 cidades onde a operação foi realizada. Estes mandados foram expedidos pela justiça da comarca de Glória de Dourados e além das pessoas foram apreendidas armas, presilhas usadas possivelmente para amarras vítimas de roubo, certa quantia em dinheiro, drogas, celulares e televisores, vários carros e uma moto.

Além de policiais do SIG de Fátima do Sul e Dourados, participaram da operação policiais civis e militares de Jateí, Glória de Dourados, Naviraí e Itaquirai, além do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) de Campo Grande.

O nome da operação foi dado porque a quadrilha tinha preferência em roubar caminhonetes Hilux que são comercializadas mais facilmente no Paraguai.