A droga era transportada em compartimentos falsos. (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal de Campo Grande, com apoio operacional da Força Nacional, deflagrou na manhã desta terça-feira (14) a operação denominada “Kratos”, que visa desarticular grupo criminoso atuante na prática dos crimes de tráfico internacional de drogas e lavagem de capitais.

Durante as investigações, que duraram pouco mais de um ano, foram apreendidos diversos carregamentos de cocaína e maconha, que totalizaram a quantia de 861 quilos de entorpecente.

Os investigados realizavam a remessa dos entorpecentes a partir da fronteira Brasil/Paraguai para diversos Estados do país, os quais eram transportados em compartimentos ocultos em automóveis e caminhões.

Com os lucros obtidos através da prática ilícita os traficantes compraram imóveis, veículos e estabelecimentos comerciais com o objetivo de tentar ocultar a origem ilícita dos valores.

Estão sendo cumpridos cinco (5) Mandados de Prisão Temporária e cinco (5) Mandados de Busca e Apreensão nas cidades de Ponta Porã e Aral Moreira, além do sequestro e indisponibilidade de bens móveis e imóveis, decretados pela Justiça Federal de Campo Grande.

O nome da operação faz alusão ao personagem da mitologia grega conhecido como Deus da Guerra, referindo-se assim ao combate ao tráfico ilícito de entorpecentes.