O pai apresentou várias versões para a morte da criança e acabou preso. (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Campo Grande deve liberar nesta sexta-feira mais informações sobre a prisão em flagrante de Evaldo Cristian Dias de 21 anos, assassino confesso do próprio filho de apenas 2 anos. Evaldo foi preso depois que uma equipe médica da Santa Casa suspeitou da ocorrência de crime quando a criança foi levada ao hospital pelo pai, mas já estava morta por afogamento e a Polícia Militar foi acionada.

Levado para a Depac-Centro, ao ser interrogado pelo delegado Leandro de Lacerda Azevedo, Evaldo caiu em várias contradições entre elas da criança ter se afogado em uma bacia, ter sido jogada no córrego por assaltante entre outras versões fantasiosas. Por fim, confessou que de fato assassinou a criança, como forma de atingir a ex-esposa.

Segundo Evaldo Cristian, está recentemente separado da mulher e se sentindo deprimido, resolveu matar o filho como forma de melhor atingir a mulher. Ele está autuado em flagrante.