O corpo ainda está no IML de Ponta Porã para o reconhecimento oficial. (Foto: Léo Veras)

Um morador em São Paulo reconheceu como sendo o filho dele o homem encontrado morto na manhã de ontem na periferia de Ponta Porã. A vítima não portava documentos e foi encontrada por populares que acionaram a Polícia Militar e foi reconhecido através de fotos.

Peritos estiveram no local e acreditam que Osmar Pereira de Souza de 39 anos, foi executado em um local e depois teve o corpo jogado no Rodoanel, que já está sendo considerado um ponto de “desova” de vítimas de homicídios. Este foi o quarto corpo encontrado na região em menos de um mês.

Familiares da vítima disseram que ele teria saído de São Paulo e ido morar no Paraná e depois acabou se mudando para a fronteira e não sabiam se ele tinha algum envolvimento com o crime.

A Polícia Civil de Ponta Porã ainda aguarda o reconhecimento oficial que deverá ser feito por algum familiar que comparecer na delegacia ou por meio de impressões digitais.