O motorista não resistiu e morreu nesta manhã.(Foto: Divulgação)

O Caminhoneiro Milton de Holanda Cavalcante, 50 anos, morreu no começo da manhã desta segunda-feira (25), aparentemente vítima de infarto fulminante. Milton passou mal na cabine de seu caminhão estacionado no pátio de um dos postos de combustíveis do anel viário de Campo Grande.

Socorristas apuraram que na noite de ontem ele telefonara para a família dizendo que não estaria se sentindo bem. Um filho foi para o posto onde dormiu na companhia do pai. Pouco depois de 5h Milton começou a passar mal sendo acionada a concessionária CCR.

Rapidamente uma Unidade Avançada chegou ao local iniciando socorro ao caminhoneiro para leva-lo a unidade hospitalar. No atendimento a situação evoluiu para parada cardio respiratória e apesar de seguidas manobras a vítima não resistiu.