Beline já tinha sido preso em outra operação e tinha sido condenado a três anos de prisão. (Foto: Divulgação)

A droga encontrada na tarde desta quarta-feira em um deposito de recicláveis que estava servindo como base para uma quadrilha de traficantes na periferia de Dourados pesou 2630 quilos de maconha.

A maconha estava escondida em uma empresa de recicláveis que funciona na verdade como depósito e entreposto da droga que era trazida do Paraguai e depois despachada para os grandes centros. No local foram encontrados Elecir Beline Silva de 39 anos, Jair de Souza Maciel de 36 anos e Renan Carlos Souza Silva de 21 anos. Eles ainda tentaram fugir pulando o muro do deposito quando os policiais chegaram, mais foram contidos e acabaram preso.

Beline foi preso no começo do ano passado em uma operação policial em outro deposito no Jardim Ouro Verde. No local foi encontrada uma grande quantidade de maconha, mas ele só foi condenado por posse de munição a três anos de cadeia, mas já estava em liberdade.

Um caminhão, uma empilhadeira e uma prensa foram apreendidos no depósito que funciona nas proximidades da BR 163 na saída para Caarapó. Todos os presos foram autuados em flagrante na Delegacia Especializada em Crimes de Fronteira (DEFRON).