A Polícia Civil de Naviraí deflagrou ontem (25), a 6ª Fase da Operação “Osíris”, sendo cumpridos até então, cinco mandados de prisões preventivas contra integrantes do PCC. Foram presos por força de mandados Matheus Maciel Fialho, o “Soberano” ou “Sistemático”, Gabriel Francisco Andrade Honório, o “Pantera”, Danilo Lopes Paixão, o “Fantasmático” ou “Catedral”, Vagner dos Santos, o “Xeque Mate e “Lealdade”; Lucas Alberto Canaverde, o “Lacoste” e “Fugitivo” e ainda Eliana Rodrigues de Souza Canaverde, mãe de Lucas.

O crime

No dia 4 de maio, dois homens em uma motocicleta tentaram matar um rival da facção criminosa. Um deles teria descido da motocicleta e de pistola em punho foi em direção à vítima, mas a pistola teria “engasgado”, o que a vítima aproveitou para fugir.

O Setor de Investigações Gerais – SIG da 1ª DP Naviraí iniciou investigação que identificou os pistoleiros e outros três indivíduos que estariam envolvidos no crime e que integrariam a facção criminosa. Foi representado pela prisão preventiva dos suspeitos, deferido pela Justiça Criminal de Naviraí.

Quatro pessoas já se encontravam recolhidos pela prática de outros crimes esclarecidos também no contexto da Operação e dessa forma respondem por todos os crimes cometidos.

Os presos responderão pelos crimes de: homicídio qualificado por motivo torpe na forma tentada e integrar organização criminosa. Durante as buscas na casa identificada como esconderijo dos criminosos, foi localizada uma pistola calibre 9 milímetros, que teria sido utilizada na tentativa de assassinato.

A moradora da residência, mãe de um dos suspeitos que se encontra recolhido em Penitenciária do Estado, foi presa em flagrante pela posse irregular da arma que é de uso restrito. Até o momento, somando-se todas as fases, 30 mandados de prisões/apreensões já foram cumpridos.

As investigações do SIG de Naviraí prosseguem visando apurar se outros homicídios na cidade também teriam sido praticados nesse contexto de tribunal do crime.