Dezenas de policiais patrulham as ruas da cidade em busca de suspeitos. (Foto: Divulgação)

Nas primeiras horas da manhã desta terça (11) a Polícia Civil deflagrou em Três Lagoas a Operação Quinto Mandamento com cumprimento de mandados de buscas para esclarecimento de um homicídio e duas tentativas de homicídio. Os locais alvos da ação são alguns condomínios do Orestinho.

A operação mobiliza 40 Policiais Civis, inclusive 8 do GARRAS, 30 Policiais Militares, entre os quais duas equipes do Batalhão de Choque e Coordenadoria Geral de Policiamento Aéreo (CGPA). Com helicóptero.

Os alvos a medida em que localizados serão encaminhados para as 1ª e 2ª Delegacias de Polícia. Provavelmente no final da manhã a Polícia Civil apresente o primeiro balanço da operação.

Operação em Três Lagoas já tem apreensões e presos

A “Operação Quinto Mandamento” desenvolvida pela Polícia Civil em Três Lagoas com apoio de tropas da Polícia Militar, inclusive com emprego de helicóptero do GPA, já realizou prisões e apreensões. A operação tem como alvo principal integrantes da facção PCC ligados a execuções conhecidas como “tribunal do crime”.

O ponto principal da operação é o conjunto habitacional Orestinho, praticamente cercado nas primeiras horas da manhã. As incursões dos policiais contam com apoio aéreo da equipe em helicóptero, o que acaba surpreendendo os alvos.

Antes da deflagração da ação em si, a Polícia Civil realizou minucioso levantamento como forma inclusive de evitar confrontos. É esperado para o fim da manhã a apresentação do saldo da operação com prisões e apreensões, inclusive de drogas.