O barco onde o soldado estava foi resgatado.(Foto: Divulgação)

Na manhã desta quarta-feira (20), a Polícia Federal de Guaíra, Paraná, com apoio de policiais federais de Naviraí, do Grupo de Pronta Intervenção – GPI/ PR, da CAOP – Coordenação de Aviação Operacional da PF, COBRA/BPFRON/PMPR, GISE/CAC/PR e dos grupos TIGRE/PCPR e GOA/PCPR, deflagrou a Operação Homem Anjo, visando cumprir mandados de busca e prisões de indivíduos envolvidos com o tráfico transnacional de drogas e também na morte do militar do Exército Brasileiro Daniel Henrique Trarbach Engelman ocorrida no dia 10 de maio de 2020.

Daniel Engelman estava, juntamente com dois outros militares, participando do patrulhamento do Rio Paraná, pela Operação Hórus, quando a embarcação em que estavam foi atingida por uma lancha de um comboio, em alta velocidade, carregada com entorpecentes.

Estão sendo cumpridos 5 mandados de prisão e 5 de busca e apreensão na região de Guaíra/PR e Itaquiraí, em Mato Grosso do Sul. Dentre os investigados, a PF chegou na identificação do provável proprietário da droga, bem como de pilotos das embarcações envolvidas e demais auxiliares da organização criminosa.