Polícia trabalha para devolver às famílias os corpos furtados de cemitério

-

Luiz Guilherme*

O caso de violação em dois túmulos no Cemitério Municipal São Vicente de Paula, em Ponta Porã, completou um mês na última terça-feira (18/6), e ainda segue sem solução, apesar da continuidade das investigações.

Vale mencionar que foram furtados o corpo de um bebê e de uma adolescente, de 2 anos, cuja cabeça fora encontrada dentro do próprio cemitério, por um dos investigadores, dias depois do crime.

“Estamos investigando sim, não fechamos o inquérito. A nossa intenção é devolver os corpos para as famílias poderem enterrar e finalmente prender o autor”, explicou a delegada Elisangela Ferreira Cristaldo, que coordena as investigações.

Ainda segundo a delegada, 12 pessoas já foram ouvidas pela polícia.

“Recebemos uma denúncia anônima que estamos verificando ainda”, complementa a delegada que também manteve contato com algumas funerárias e autoridades policiais do lado paraguaio.

plugins premium WordPress