O acusado confessou o crime sem arrependimento. (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira (16) e apresenta daqui a pouco na 5ª Delegacia, em Campo Grande, Igor Cesar de Oliveira, de 22 anos. Igor é assassino confesso do motorista de aplicativo e missionário Rafael Baron, de 24 anos.

Identificado como autor do crime testemunhado inclusive pela esposa e a mãe dele, Igor estava com a prisão preventiva decretada há três dias. De acordo com o delegado encarregado do caso, Ricardo Meirelles Bernardinelli, houve uma negociação que possibilitou a prisão dele sem maiores complicações.

A Polícia esclareceu o crime identificando o autor já durante os levantamentos no local do assassinato. Igor possui antecedentes criminais por roubo. A hipótese inicial era de latrocínio. Porém, através de investigação e depoimento de testemunhas, foi apurado que se tratava de crime passional, depois que a vítima se mostrou gentil com a mulher de Igor durante a corrida entre a UPA Leblon e o condomínio onde o casal morava.