Os dois foram presos por policiais civis de Dourados. (Foto: Adalberto Domingos)

Dois homens presos ontem por policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil faziam parte de uma quadrilha que pode ter roubado ao menos 38 veículos e motos nos últimos meses em Dourados. Ao lado de Rodrigo Ferreira Dias, conhecido como ‘R3’ e Arthur Rodrigues Neto, o ‘Mizuno’, mortos em confronto com a polícia no dia 25 de outubro, na Favelinha do Estrela Verá, Rener Pimentel de 21 anos e Adriano Aparecido Souza Plácido de 35 anos, estavam agindo de junho deste ano.

Eles são investigados também na tentativa de assalto contra o senador eleito Nelsinho Trad em setembro deste ano. O segurança do político reagiu por pouco não foi baleado e ficou sem uma pistola .40 que agora foi recuperada.

Ainda segundo a Polícia Civil de Dourados quatro integrantes do grupo ainda estão sendo procurados. Eles foram identificados e tiveram as prisões preventivas decretadas.

Segundo informações do delegado do SIG, Rodolfo Daltro, a quadrilha preferia carros e caminhonetes de luxo e motos de alta cilindradas, mas também teria roubado Titan e até Biz. Os integrantes seriam ligados a uma facção criminosa.