Flagrante do momento que o servidor era preso por tráfico.(Foto: Divulgação)

Policiais Civis da Delegacia Especializada de Combate ao Crimes Organizado – DECO, desmontaram na noite desta terça-feira (26), esquema de tráfico comandado por funcionário efetivo da FUNAI com mais de 30 anos de serviço. O indivíduo de 54 anos, foi preso a caminho de Campo Grande com cerca de 300 quilos de maconha.

As equipes da DECO em investigação e levantamentos comandados pela delegada Ana Cláudia Medina, levantaram que um servidor da FUNAI estaria se valendo da condição de ter em mãos uma viatura caracterizada da instituição, para atuar no crime de tráfico e em grande escala.

Identificado no decorrer da investigação, C.P. de M. foi preso em flagrante na noite passada conduzindo uma camionete oficial L200 Triton de uso exclusivo e em serviço da Secretaria Especial de Saúde Indígena – SESAI/FUNAI transportando o carregamento de maconha. A droga estava na carroceria do veículo encoberta com uma lona.

Veterano

O servidor público federal que já conta com quase 30 anos de serviço no órgão de atenção indígena, tinha como rotina a designação para atendimento de saúde das comunidades indígenas da região de Dourados. Isso, o mantinha por cerca de uma semana na cidade de Dourados, o que aproveitava para durante o período vespertino ir com o veículo oficial até a fronteira com o Paraguai, Ponta Porã ou Pedro Juan Caballero, Paraguai, onde carregava o entorpecente e imediatamente o trazia até Campo Grande.

Assim que descarregava a droga na Capital, imediatamente retornava para Dourados onde ficava normalmente hospedado durante a missão semanal, retomando seus afazeres como se nada estivesse acontecendo. A equipe da DECO apurou que o servidor vinha atuando nessa modalidade de tráfico já a bastante tempo.

De acordo com a investigação, o indivíduo se aproveitava da facilidade de trafegar pelas rodovias sem abordagens ou mesmo chamar atenção por estar utilizando em veículo oficial e caracterizado. A facilidade durou até a noite desta terça-feira com a abordagem pela DECO, quando ele passava pela região de Anhandui. Traficante, droga e viatura foram entregues na Polícia Federal em Campo Grande.