Os corpos foram enterrados em Rio Brilhante. (Foto: Olimar Gamarra)

Foram sepultadas no final da tarde desta terça-feira os corpos de Maiana Barbosa de Oliveira, de 20 anos e da filha dela Dandara, de apenas um mês de vida, que foram mortas ontem em Dourados pelo companheiro de Maiana, Marcos Fioravanti Neto. O velório ocorreu na Capela Hilton Soares Cândido e os corpos foram enterrados no cemitério São Judas Tadeu em Rio Brilhante.

Uma multidão acompanhou o féretro de mãe e filha e o sentimento era de revolta e o pedido de justiça foi ouvido várias vezes. Na tarde desta terça-feira (27) Neto foi ouvido pela delegada titular da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), Paula Ribeiro dos Santos na Polícia Civil de Glória de Dourados para onde ele foi levado de ser preso pela Polícia Militar daquela cidade após tentar assaltar uma senhora. Ele disse que não se recorda do que aconteceu.