O deputado quer agilidade na resolução dos problemas por parte da concessionária. (Foto: Assessoria)

O deputado Barbosinha apresentou, na sessão desta quarta-feira (2) indicação ao governador Reinaldo Azambuja e ao vice-governador e secretário estadual de Infraestrutura, Murilo Zauith, com cópia ao diretor-presidente da Agesul (Agência Estadual de Empreendimentos), Luiz Roberto Martins de Araújo, solicitando a destinação de recursos financeiros para a execução das obras de duplicação da Rua Coronel Ponciano, partindo do Cemitério Municipal Santo Antônio de Pádua até o Distrito Industrial de Dourados.

O parlamentar atendeu pedido encaminhado pelos vereadores Bebeto (PL), Madson Valente (DEM) e da ex-vereadora Lia Nogueira, além de inúmeras solicitações que foram apresentadas ao gabinete do parlamentar, e por meio de encontros e reuniões com a comunidade, onde essa preocupação fica cada vez mais urgente e necessária.

“Afinal, são vidas que estão se perdendo semanalmente nesse trecho, e ao longo da BR-163, entre os Trevos do DOF e da Bandeira, por falta de providências, que exigem um esforço conjunto do Governo com a Prefeitura da minha cidade e a mobilização da bancada federal de Mato Grosso do Sul em Brasília para a execução de obras que melhorem o tráfego urbano de Dourados”, cobrou Barbosinha.

Apenas nesse segundo mandato, desde o começo do ano, o deputado Barbosinha já encaminhou indicações, reforçando solicitações de vereadores de Dourados e lideranças comunitárias, visando aperfeiçoar a infraestrutura urbana no Município, através da pavimentação asfáltica nas ruas dos bairros Parque Residencial Pelicano, Jardim das Primaveras, Parque dos Jequitibás, a recuperação asfáltica das vias de tráfego dos veículos coletivos,  duplicação da rodovia MS-376 entre os municípios de Dourados e Fátima do Sul, partindo da BR-163, obras de drenagem e pavimentação asfáltica, interligando o travessão da Figueira em Macaúba, para ligar a MS-470 com a MS-276.

Barbosinha também já reiterou pedidos pela duplicação da BR-463 entre o Trevo da Bandeira até a rotatória do trevo de acesso a Laguna Carapã e a duplicação, iluminação, sinalização semafórica e sinaleira na faixa de pedestre no trecho de 500 metros da rodovia MS-156, logo após a rotatória da BR-163 (a rotatória do DOF), intervindo diretamente junto aos diretores da concessionária CCR MSVia, que administra o trecho, os quais também já forma convocados para a Audiência Pública que pretende aprofundar esse debate, que acontecerá ainda neste mês de outubro, na Assembleia Legislativa.

“Trata-se, na verdade, quando propusemos essa audiência pública, juntamente com o presidente da Assembleia, deputado Paulo Correa, não mais de abordar simplesmente uma problemática que já se arrasta há anos, mas de transformar esse momento em um ponto final, um basta da nossa paciência em relação ao descaso e à omissão com que entes ajustados para propor soluções tratam a concessão pública, apenas postergando a tomada de decisões. Queremos resultados e isso passa pela gestão eficiente da coisa pública”, acentuou Barbosinha.