Apenas cinco vereadores assinaram favoravelmente e um pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) proposta pela vereadora Daniel Hall (PSD) para investigar atos da prefeita Délia Razuk (sem partido) em relação aos problemas da Fundação Municipal de Saúde de Dourados.

Eram necessárias pelo menos sete assinaturas para que a proposta fosse ao plenário para votação, mas dos 19 apenas cinco assinaram. Chancelaram o documento os vereadores Daniela Hall do PSD, Lia Nogueira (PL), Elias Ishy (PT), Olavo Sul (Patriota) e Madson Valente (DEM).

Durante a sessão centenas de funcionários públicos compareceram à Câmara e aos gritos de “fora Délia” acompanharam a tentativa de abertura de investigação que acabou não acontecendo. Os vereadores ainda tem um prazo regulamentar para assinar ou não o requerimento apresentado por Daniela.