Carlito do Gás quer agilidade na ativação e tempo integral no Ceim do Parque I. (Foto: Thiago Morais)

O vereador Carlito do Gás (Patriota) afirmou esperar que seja ativado já no início do próximo ano letivo o Ceim (Centro de Educação Infantil Municipal) construído no bairro Parque das Nações I. O espaço educacional vai ocupar uma área de 1.200 metros quadrados e disponibilizar inicialmente 90 vagas em cada turno, em uma estrutura ampla, com refeitório, cozinha, nove salas de aula com berçário, uma sala de tecnologia e banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais. “A Prefeitura deve agilizar os trâmites legais como as compras das empresas vencedoras das licitações, a instalação dos equipamentos e mobílias e outros procedimentos necessários para equipar e ativar o CEIM, de forma que já no próximo ano letivo os pais tenham onde deixar seus filhos”, diz o vereador que defende que o CEIM funcione em período integral.

Carlito afirmou que vai se empenhar junto à prefeita Délia Razuk (PR) e à Secretaria Municipal de Educação para que o CEIM seja ativado no início do ano que vem e também lutar pelo período integral. “Primeiro porque é um compromisso de campanha da prefeita, que, como mulher e mãe, teve a sensibilidade de incluir esse modelo de educação infantil em seu Programa de Governo”, recordou. “Segundo, porque é uma tendência nacional que leva em conta a necessidade de inserção da mulher mãe de crianças pequenas no mercado de trabalho. A maioria das vagas é em horário comercial, o que acaba por ‘empurrar’ essas mães para o subemprego, pois muitas não têm com quem deixar seus filhos no horário em que não estão na creche”, afirmou o vereador.

“Como a estrutura física está praticamente pronta e a licitação já foi concluída, esperamos agilidade da Prefeitura e que o CEIM entre em funcionamento o mais breve possível para que as mães do bairro tenham um lugar seguro para deixar seus filhos”, reforçou Carlito do Gás, que tem atuado para que os Ceims já existentes tenham estrutura adequada, tomando medidas efetivas como a destinação de emendas impositivas (de execução obrigatória) para que estas unidades de educação infantil tenham bebedouros, ar condicionado, lavadoras, armários e outros equipamentos que beneficiam tanto as crianças como os servidores nelas lotados.