De autoria do deputado Marçal, Comenda homenageia a Professora Maria Ildonei de Lima Pedra. (Foto: Luciana Nassar)

O deputado estadual Marçal Filho (PSDB) instituiu projeto de criação da “Comenda Professora Maria Ildonei de Lima Pedra” para homenagear os profissionais de Educação em Mato Grosso do Sul. O projeto foi aprovado em discussão única na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (09).

A Comenda Professora Maria Ildonei de Lima Pedra tem como objetivo homenagear os profissionais de Educação com atuação no setor público ou privado, que tenham contribuído de maneira excepcional para o desenvolvimento da educação sul-mato-grossense.

O reconhecimento será entregue pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul em sessão solene a ser realizada na semana do dia 15 de outubro de cada ano, período em que se comemora o Dia do Professor. Conforme Marçal Filho, a Comenda tem como objetivo reconhecer e valorizar os profissionais que ajudam a construir com dedicação a educação no Estado.

O nome da Comenda justifica-se em razão do excepcional serviço prestado pela Professora Maria Ildonei de Lima Pedra à educação, militante histórica da área e dos direitos das mulheres. Ela compôs a diretoria da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) por aproximadamente 20 anos, onde exerceu o cargo de secretária-geral adjunta por dois mandatos.

A professora Maria Ildonei de Lima era do município de Camapuã e começou a lecionar em 1982. Ela mudou para Campo Grande em 2.000, para lecionar na Escola Estadual Lino Vila Chá e foi eleita representante sindical da ACP (Associação Campo-grandense dos Profissionais em Educação). Além de ser reconhecida no grande trabalho que desenvolvia na educação, também se destacou na defesa dos direitos das mulheres, principalmente sobre a violência. A professora Maria Ildonei morreu no ano passado aos 70 anos.