Marçal filho anunciou hoje que é candidato.(Foto:Arquivo)

Líder em todas as pesquisas de intenção de votos para a prefeitura de Dourados, o deputado estadual Marçal Filho (PSDB) anunciou hoje no programa que apresenta na 94FM, emissora de sua propriedade, que está fora da disputa. Para permanecer em condições legais perante à justiça eleitoral ele precisaria se afastar do programa.

O deputado alegou que este não é o momento de deixar a emissora, principalmente por causa da prestação de serviços da imprensa nesta pandemia de Coronavírus, em que Dourados é o epicentro da pandemia em Mato Grosso do Sul.“Pra mim seria uma falta de sensibilidade neste momento em que a palavra solidariedade deve estar em alta, deixar este microfone aqui pra entrar numa campanha eleitoral. Enquanto a população não está pensando nisso. Todo povo está pensando em como sair dessa”, afirmou Marçal.

O parlamentar afirmou que foi uma decisão difícil, porque estava à frente de todos os outros pré-candidatos nas pesquisas. “Não é fácil tomar uma decisão como esta porque as pesquisas apontam uma frente de votos em relação aos outros candidatos. Mas eu não posso fazer as coisas pensando em mim, apenas em um projeto pessoal. Até porque não é o que eu sinto”, acrescentou.Marçal Filho disse ainda que considera seu trabalho tanto na emissora de rádio, como na Assembleia Legislativa neste momento.“E sei muito bem que na condição de deputado estadual eu posso continuar trabalhando. As pessoas sempre me colocaram como um porta voz de Dourados, principalmente, da nossa região. E vou continuar exercendo a minha missão de deputado estadual e aqui na 94”, finalizou.

Com Marçal fora da disputa a tendência é que o PSDB apoie em Dourados a pré-candidatura do deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), que conta com a simpatia do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o apoio declarado do vice-governador Murilo Zauith, presidente estadual do DEM.