Silas Zanata requereu caminhão prancha para auxílio de pequenos produtores de Dourados.(Foto: Arquivo)

Durante sessão ordinária, o vereador Silas Zanata (PSDB) solicitou à prefeita Délia Godoy Razuk (PTB) e às secretarias municipais de Agricultura Familiar, de Obras Públicas e de Planejamento, a aquisição de um caminhão prancha para atender o transporte de máquinas da sede do município para zona rural e os pequenos produtores. O parlamentar ainda requereu a cedência de aproximadamente oito hectares da área total da Escola Municipal Agro Técnica Padre André Capelli para instalação de viveiro de mudas e produção de adubo orgânico.

Silas Zanata disse saber do potencial de nosso município na questão da produção agrícola, como o clima favorável e terras férteis para as atividades agropecuárias. “Temos muitas famílias da agricultura familiar que vivem de suas produções no meio rural, sendo que dentre as dificuldades enfrentadas, a falta de maquinários, equipamentos e vias rurais adequadas para escoamento de produção, são primordiais”, destacou o vereador.

Para suprir, Silas solicitou a aquisição de um caminhão prancha para atender o transporte de maquinários, pois o município vem sofrendo para atender a demanda de serviços, por conta do perímetro urbano e rural ser muito extenso em quilômetros, dificultando o transporte e trabalho das secretarias de Obras e de Agricultura Familiar. “A aquisição é necessária para o auxílio do trabalho das secretarias e dos agricultores”, reforçou Silas Zanata.

O parlamentar ressaltou que o seu trabalho é “apoiar agricultores em conjunto com os demais órgãos municipais, o desenvolvimento e o fomento de políticas públicas sustentáveis para a cidade, com vistas ao fortalecimento da agricultura familiar bem como a ocupação e uso racionais do território do município, da proteção das áreas ambientalmente mais frágeis, da implementação de ações para o desenvolvimento econômico sustentável das famílias que vivem da agricultura familiar, sendo este um incentivo a todos”.

“Sabemos que a Escola André Capelli não está operando com aulas agrícolas, podendo então ceder parte da área total para instalação de outras atividades rurais e por isso solicitamos área parcial”, detalhou o vereador ao falar da parceria com a escola agrícola, que irá proporcionar a melhor ocupação de espaço público, maximizando o potencial de agricultores que necessitam expandir suas culturas, como é o caso do viveiro de mudas e também a produção de adubo orgânico. “Esta sugestão é de suma importância para o desenvolvimento da agricultura familiar”, finalizou Silas Zanata.