Comunidade recebeu atendimentos na Praça Antônio João. (Assessoria)

Uma simples ferida na boca, que não desaparece em pelo menos uma semana, pode ser indicativo de algo bem mais grave. O câncer bucal está entre os cinco mais recorrentes no Brasil. Os homens são os mais acometidos pela enfermidade. Algumas das principais causas que elevam os números da estatística, de acordo com o Ministério da Saúde, é o consumo exacerbado de álcool, além do tabagismo.

Com a intenção de levar mais informação para a população de Dourados, alguns acadêmicos do 8º semestre do curso de Odontologia da UNIGRAN, coordenados pela professora Camila Zeuli, participaram de uma ação social na Praça Antônio João, área central do município.

“O envolvimento dos alunos junto com o conselho, com profissionais da rede pública de saúde aqui do município, além das entidades de classe apoiadoras deste projeto é extremamente valioso. Poder levar até a população esse tipo de auxílio, de exames e encaminhar para atendimento odontológico quem necessita é importante, além de ser uma das nossas metas, enquanto instituição de ensino”, diz Camila.

O estudante Joaquim Biagi Neto Júnior, foi um dos acadêmicos que participou do evento. Ele frisou que o mais gratificante durante a ação foi, além do aprendizado, poder auxiliar as pessoas com informações e proporcionar o encaminhamento para especialistas.

“Nós conscientizamos sobre o câncer bucal, falamos sobre a importância de examinar a boca para diagnóstico precoce, mas acima de tudo, passamos também informações sobre higienização. Também esclarecemos dúvidas das pessoas e sugerimos encaminhamentos para atendimento nos postos de saúde e na Clínica Escola de Odontologia da UNIGRAN. Com certeza essa ação social nos mostrou o lado de fora dos bancos da universidade e pudemos aplicar parte da nossa teoria, na prática”, exalta Júnior.

Toda a ação foi realizada em parceira com o Núcleo de Saúde Bucal da Secretaria Municipal de Saúde de Dourados e do CRO/MS (Conselho Regional de Odontologia).

“A ação é realmente organizada para chamar atenção da população sobre os riscos do câncer bucal, ele realmente leva a morte e é preciso dar a devida importância para os sintomas. A ideia é evitar a doença e tratando os sintomas no começo. Outro fator importante e que vale ressaltar, é o cuidado que devemos ter com os lábios, usando sempre protetor solar específico para a região. O cuidado na boca como um todo é fundamental para prevenção do câncer”, enfatiza Sérgio Roas, coordenador do Núcleo de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde de Dourados.