Entrega de kits e folhetos vai acontecer na praça, unidades de saúde e no Posto da Base.(Foto: Luiz Radai)

Depois das campanhas do Outubro Rosa e Novembro Azul sobre o combate e prevenção ao câncer em mulheres e homens, inicia no fim de semana a campanha Dezembro Vermelho, de conscientização sobre o vírus HIV, tendo como principal alerta a constatação de um crescimento no número de casos de Aids entre jovens de 15 a 24 anos, conforme dados recentes do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids).

O dado mais alarmante, entretanto, é que das 4.500 novas infecções pelo vírus HIV em adultos, 35% ocorreram entre jovens de 15 a 24 anos. Com blitze e distribuição de material informativo, equipes do Programa Municipal de IST/Aids e Hepatites Virais, do Departamento de Vigilância em Saúde da SEMS, terão como foco principal levar conhecimento a respeito destas informações e da luta contra a Aids.

“Por considerar que a prevenção somente obtém êxito através da mudança de comportamentos, é fundamental a conscientização. Sobretudo, entre os jovens. São 30 anos do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, mas temos visto um avanço da contaminação por HIV na juventude, o que sinaliza a necessidade de intensificar ações de prevenção e conscientização”, disse Emerson Eduardo Correa, coordenador municipal de IST/Aids/Hepatites Virais.

Com o tema, “Mais Amor, Menos Preconceito” a campanha terá em Dourados atividades iniciadas no dia 30 de novembro com previsão de ocorrerem até 8 de dezembro, encabeçadas pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde.

As parcerias ocorrem com as unidades de saúde, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Delegacia de Atendimento à Mulher, CCZ, Assistência Farmacêutica, Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, Secretaria Municipal da Cultura e Clube Ubiratan.

“O diagnóstico precoce é fundamental para interromper a cadeia de transmissão do vírus e também para o tratamento. O Dezembro Vermelho tem como objetivo reduzir a mortalidade e prevenir a transmissão do HIV, levando em conta que a finalidade do tratamento é deixar a carga viral suprimida. Além do mais, se engana quem acha que só usuário de droga ou quem tem uma vida sexual variada está mais suscetível. Todos corremos riscos”, explicou Edvan Marcelo Morais Marques, diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, ressaltando que todos devem estar atentos às informações repassadas.

De acordo com a programação, no dia 30 de novembro (sexta-feira), pela manhã, acontece a blitz informativa para caminhoneiros no Posto da Base da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Dourados.

No sábado (1° de dezembro), a campanha “Fique Sabendo” acontece pela manhã na Praça Antônio João. Neste dia haverá distribuição de brindes, materiais informativos, preservativos masculino/feminino, e realização de testes-rápidos para HIV, Hepatites Virais e Sífilis. Na segunda-feira (3), a campanha “Fique Sabendo” acontece na Uems Bloco D – Laboratório de Enfermagem, pela manhã e durante a noite.

Nos dias 4, 6 e 7 de dezembro, pela manhã, segue a campanha “Fique Sabendo” nas unidades de saúde, na seguinte ordem: Parque das Nações I (terça), Vila Cachoeirinha (quinta) e Jardim Guaicurus (sexta). Nos dias 8 e 9, uma ação de prevenção acontece no Clube Ubiratan. No sábado será no período noturno e domingo, será no período vespertino.

Campanha mundial, o Dezembro Vermelho foi instituído no Brasil pela Lei Federal nº 13.504, de 7 de novembro de 2017, e em Dourados pela Lei Municipal nº 4.172/2018. O símbolo da campanha é um laço vermelho.