Um consultório odontológico que funcionava de forma clandestina foi interditado nessa quinta-feira, 9, em Bela Vista, durante ação conjunta do CRO-MS (Conselho Regional de Odontologia de MS) com a Vigilância Sanitária do município.

O local, que funcionava na casa da senhora de 70 anos, apresentava condições precárias de higiene e inadequadas para o atendimento odontológico, colocando em risco a saúde da população. Além de não possuir as documentações necessárias, a profissional também estava irregular.

“O Conselho tem por atribuição garantir que o serviço odontológico oferecido à população seja de qualidade. Realizar tratamento odontológico nessas condições pode colocar a saúde da pessoa em risco”, explica o presidente do CRO-MS, José Wilson Capdeville.

A ação foi desencadeada por denúncia.  O CRO-MS recebe denúncias de irregularidades pelo site: http://www.croms.org.br/denuncia.php A identidade dos denunciantes é preservada.