Dr. Diogo questiona exoneração de servidores do PAI

-

A PAI (Policlínica de Atendimento Infantil) Flamarion Capilé, de Dourados, está sem coordenação e vários funcionários foram exonerados, sem saber o motivo, conforme constado pelo vereador Dr. Diogo Castilho (DEM), que recebeu diversas reclamações de pacientes que dependem de atendimento.

Além da falta de recurso humano, a unidade precisa de reparos. A parede do banheiro feminino, por exemplo, está danificada pela infiltração e ‘tomada’ pelo mofo.

Dr. Diogo verificou também que há cadeiras odontológicas que necessitam de reparos e algumas nem se quer foram instaladas. “É um investimento que o poder público fez na PAI, que possivelmente está parado por falta de uma gestão municipal mais eficiente”, justificou o vereador.

No requerimento apresentado pelo democrata na Câmara Municipal, e endereçado ao prefeito Alan Guedes (PP), é solicitado a contratação de profissionais, reforma de duas cadeiras odontológicas e instalação, manutenção dos equipamentos de ar-condicionado, compra de máscaras hospitalares, fundamental para evitar o contágio pela Covid-19, e reforma na parede do banheiro feminino.

Legenda: Vereador Dr. Diogo Castilho tem lutado incansavelmente pela saúde de Dourados

Foto: Divulgação/Assessoria

VEJA TAMBEM