O médico estava internado havia vários dias em Dourados.(Foto: Divulgação)

Morreu nesta sexta-feira (15) em Dourados, médico Benício Nunez, de 61 anos. Paraguaio, ele estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Universitário em Dourados.

Vítima da covid-19, ele estava em Mato Grosso do Sul há cerca de 40 dias. Inicialmente, foi internado no Hospital Regional de Ponta Porã e logo foi transferido para Dourados, onde morreu.

Na entrevista coletiva desta manhã sobre o coronavírus, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, disse que o profissional de saúde estava internado em Ponta Porã, mas o caso foi registrado no Paraguai.

É o segundo caso de Covid-19 confirmado em Pedro Juan Caballero, na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. O primeiro foi confirmado no dia 4 passado, em um homem de 65 anos, que morreu no mesmo dia que foi internado no hospital da cidade.

A direção regional sanitária de Pedro Juan Caballero havia informado que médico contraiu o vírus em viagem ao exterior. Estava isolado em casa, mas o quadro se agravou, sendo atendido primeiro no hospital da cidade e na segunda-feira (6 de abril) transferido para o Hospital Regional de Ponta Porã. No Paraguai, é a sétima morte no país vizinho, que está em quarentena total.

O médico residia no Paraguai e tinha doença cardiovascular crônica. O exame para o covid-19 foi confirmado pelo Lacen (Laboratório Central) no dia 9 de abril e, nesta mesma data, o paciente foi admitido na UTI do Hospital Universitário de Dourados. Em Mato Grosso do Sul, já são 14 óbitos por coronavírus e 479 casos confirmados da doença.