O médico que assumiu o cargo ontem teve a nomeação revogada nesta terça-feira.(Foto: Cido Costa)

O Diário Oficial do Município de Dourados desta terça-feira (11) trouxe anulação da nomeação do médico especialista em urgência e emergência Frederico de Oliveira Weissinger que tinha assumido o cargo ontem como secretário de Saúde. Ele tinha assumido no lugar do médico intensivista Gecimar Teixeira que tinha assumido o cargo havia um mês e saiu do final de semana.

Fred como é conhecido ficou apenas um dia no cargo e a saída dele está ligada ao fato do ocupante do cargo ter que dispor de dedicação exclusiva. A dedicação exclusiva também foi o motivo alegado para a saída de Gecimar do cargo.

De acordo com informações à legislação que prevê dedicação exclusiva dos ocupantes de cargos e funções de chefia, direção e assessoramento, que só poderão ser exercidas em regime de tempo integral, impedindo que eles exerçam a profissão de médico nos períodos que não estão na prefeitura.

O diretor presidente da Fundação de Saúde de Dourados (FUNSAUDE) Renato Nassr, também analisa a possibilidade de deixar o cargo pelo mesmo motivo. Ontem ele foi denunciado no Ministério Público Federal (MPF) por estar clinicando e até atendendo em hospitais da cidade.

No lugar de Frederico na secretaria de Saúde o odontólogo Jacson Dadá Leiva assume o cargo interinamente. Com isso Dourados terá seu sexto secretário de Saúde em menos de 4 anos.