Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou nesta terça-feira a soltura do ex-chefe de Licitações da Prefeitura de Dourados Anilton Garcia de Souza. Ele tinha sido preso na Operação Pregão que apura desvios em licitações na prefeitura da segunda maior cidade do Mato Grosso do Sul.

Os advogados Douglas de Oliveira e Herêncio Camy, tinham impetrado o Habeas Corpus que foi julgado hoje e Anilton que está preso na Penitenciária Estadual de Dourados deve ser solto na quarta-feira.

O HC beneficia apenas Anilton e os demais implicados no processo devem continuar presos, inclusive a vereadora Denize Portolann (PR) que era secretária de Educação de Dourados.